DESENVOLVIMENTO DE INTELIGENCIA ARTIFICIAL PARA GESTÃO E PLANEJAMENTO URBANO: CIDADE DIGITAL

  • anônimo 7 preprint

Resumo

Encontramos na fusão da sociologia com o urbanismo um instrumental teórico mais preciso sobre as mudanças já percebidas hoje nas sociedades humanas e nas cidades. As mudanças climáticas, a falência do capitalismo tardio e a 4º revolução industrial estão provocando mudanças profundas em toda socioeconomia do globo. É salutar pesquisas mais precisas de como a humanidade deve pautar o desenvolvimento das cidades no sentido mais utópico do socialismo marxista da superação da exploração do trabalho, do fim da luta de classes e por consequente a divisão igualitária de riquezas. Temos uma segunda chance de desenvolver de forma justa as sociedades humanas dentro de cidades sustentáveis com coletividades de relações digitalizadas. No urbanismo a contribuição será desenvolver uma inteligência artificial para planejar e gerir as cidades à luz da sociologia. Deste modo, observa-se que depois de equalizarmos os sistemas naturais da terra, limpar as décadas de poluição, iremos regenerar e cobrir de mata primária com biomas específicos toda superfície seca do planeta. O que permite concluir que a humanidade deverá prosseguir com a evolução darwiniana e dar inicio a colonização do nosso sistema solar, desenvolvendo a engenharia planetária e a mineração espacial.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARAUJO, F.G.B. “Espaço-Temporalidades digitais: Elementos para uma prática epistemológica.” 24 Cadernos IPPUR - Ano XV, n2, ago-dez 2001 Ano XVI, n1, jan-jul 2002, pgs.347-363.

FRASE, P. (2016). Four futures: life after capitalism. London; Verso Books.

GIDDENS, A. (2000a). Dualidade da Estrutura: Agencia e Estrutura. Oeiras; Celta.

JACOBS, J. (1961). Morte e vida de grandes cidades. São Paulo: Martins Fontes.

JESSÉ, S (2015). A tolice da Inteligência Brasileira. São Paulo; Leya.

LEVY, P. (1999). Cibercultura. São Paulo; Ed.34.

MARX, K (2017). O capital: Cap1- A mercadoria. Tradução Rubens Enderle – 2.ed – São Paulo; Boitempo.

Publicado
21-03-2019
Como Citar
preprint anônimo 7. (2019). DESENVOLVIMENTO DE INTELIGENCIA ARTIFICIAL PARA GESTÃO E PLANEJAMENTO URBANO: CIDADE DIGITAL. Revista Políticas Públicas & Cidades - 2359-1552, 1(1). Recuperado de http://periodico.revistappc.com/RPPC/article/view/308