CARTOGRAFIAS DE ÁREAS PRECÁRIAS: UM ENSAIO SOBRE ENSINO E PESQUISA NA PÓS-GRADUAÇÃO DA FAUUSP

Maria de Lourdes ZUQUIM, Marina Mange Grinover

Resumo


Este artigo examina a importância da experimentação de práticas de ensino na atividade de pesquisa em pós-graduação, considerando as particularidades dos territórios precários urbanos. O objetivo proposto da disciplina foi elaborar um mapeamento das condições da favela São Remo como estudo de caso e laboratório, articulando simultaneamente a pesquisa teórica e a vivência na comunidade. Como resultado o grupo consolidou um saber sobre o território capaz de ser sistematizado a partir de uma análise urbana, geográfica, antropológica e social. Este conhecimento, foi sintetizado em cartografias, diagramas e mapas que permitem o acesso de modo claro e preciso dos dados históricos, territoriais e sociais da favela São Remo. O material está disponível em plataforma digital. Pode-se observar que a análise das áreas precárias nas cidades brasileiras necessita de um campo ampliado de leituras capazes de contemplar a complexidade do lugar, seus habitantes rompendo o estigma que aparta do entendimento da cidade nestes bairros precários

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista Políticas Públicas & Cidades - 2359-1552

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

POLÍTICAS PÚBLICAS & CIDADES ESTÁ INDEXADA NAS SEGUINTES BASES CIENTÍFICAS E DE DADOS