Apontamentos sobre a experiência do ensino de Urbanismo para os cursos de Engenharia Civil e Engenharia Ambiental e Sanitária

Ramon Silva de Carvalho

Resumo


Este trabalho aborda o ensino da disciplina Urbanismo, parte da estrutura curricular do curso de Engenharia Civil e do curso de Engenharia Ambiental e Sanitária da Universidade [omitido para avaliação cega]. Objetiva-se analisar como o conteúdo da disciplina vem sendo trabalhado e (re)avaliar as práticas aplicadas em uma matéria tida como complementar na área das engenharias. Para tanto, procede-se à análise do histórico da disciplina e das novas estratégias adotadas pelos professores recém-contratados. Deste modo, pretendemos demonstrar as dificuldades de se trabalhar um escopo abrangente em um tempo tão exíguo e a necessidade de priorização de determinados pontos estratégicos para a compreensão do fenômeno urbano.


Referências


AMORE, C. S.; SHIMBO, L. Z.; RUFINO, M. B. C. Minha casa... e a cidade? Avaliação do programa minha casa minha vida em seis estados brasileiros. Rio de Janeiro: Letra Capital, 2015.

BENÉVOLO, L. História da cidade. Trad. Silvia Mazza. 3ª ed. São Paulo: Perspectiva, 2001.

BRASIL. Estatuto da Cidade: Lei 10.257/2001 que estabelece diretrizes gerais da política urbana. Brasília, Câmara dos Deputados, 2001, 1a Edição.

CHOAY, F. O urbanismo: utopias e realidades, uma antologia. Trad. Dafno Nascimento Rodrigues. São Paulo: Perspectiva, 2007.

DUHIGG, C. O poder do hábito: por que fazemos o que fazemos na vida e nos negócios. Trad: Rafael Mantovani. Rio de Janeiro: Objetiva, 2012.

LEPETIT, B. Por uma história urbana. Seleção de textos, revisão crítica e apresentação Heliana Angotti. Trás. Cely Aerena. São Pauli: Edusp, 2001.

ROLNIK, R. O que é cidade. São Paulo: Brasiliense, 2004. (Coleção Primeiros Passos).

INSTITUTO PÓLIS; LINCOLN INSTITUTE OF LAND POLICY. Jogo do Estatuto da Cidade. In: Kit das Cidades. 2a ed. São Paulo: Instituto Pólis, 2005.

HOLANDA, F. Ordem X Desordem: o que nos ensina Brasília. In: PEDRO, R.; RHEINGANTZ, P. A. (org). Qualidade do Lugar e Cultura Contemporânea: controvérsias e ressonâncias em ambientes urbanos. Rio de Janeiro: UFRJ/FAU/PROARQ, 2012.

LEME, Maria Cristina da Silva. Urbanismo no Brasil, 1895-1965. 2ª ed. Salvador: EDUFBA, 2005.

LYNCH, K. Imagem da cidade. Trad. Jefferson Luiz Camargo. São Paulo: Martins Fontes, 1997.

MUMFORD, L. A cidade na história: suas origens, transformações e perspectivas. Trad. Neil R. da Silva. 5ª ed. São Paulo: Martins Fontes, 2008.

ROCHA-PEIXOTO, G. Estratégia da aranha: ou: da possibilidade de um ensino metahistórico em arquitetura. Rio de Janeiro: RioBooks, 2013. (col. PROARQ).

SANTOS, Carlos Nelson Ferreira dos. A cidade como um jogo de cartas. Niterói: Eduff; São Paulo: Projeto Editores, 1988.

SVENSSON, F. Problemas atuais do ensino e do aprendizado de Teoria e História da Arquitetura. In: GOUVÊA, L. A. C.; BARRETO, F. F. P.; GOROVITZ, M. (org.). Contribuição ao Ensino de Arquitetura e Urbanismo. Brasília: INEP, 1999. pp. 31-36.

VELASQUES, A. B. A. Última capital planejada do século XX: o projeto de Palmas e sua condição moderna. In: Seminário DOCOMOMO, s/d. Disponível em: . Acesso em: 06/01/2018.

VILLAÇA, Flávio. Espaço intra-urbano no Brasil. São Paulo: Studio Nobel, 1998.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Revista Políticas Públicas & Cidades - 2359-1552

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

POLÍTICAS PÚBLICAS & CIDADES ESTÁ INDEXADA NAS SEGUINTES BASES CIENTÍFICAS E DE DADOS